Câmara Municipal do Porto

Created with Sketch.

Município alarga isenção aos clubes que usam instalações desportivas até julho

A medida municipal estava em vigor até final de fevereiro e vai ser renovada até ao final da época desportiva 2020/21. A isenção beneficia 25 clubes da cidade e um total de 11 modalidades, correspondendo a um impacto superior a 225 mil euros.

As associações e os clubes desportivos locais não vão ter de pagar qualquer tarifa pela utilização dos equipamentos desportivos municipais até ao final de julho.

Esta medida, que já foi aplicada no ano passado e é agora novamente renovada, permite aos clubes e associações um melhor planeamento da sua atividade e, sobretudo, uma ajuda fundamental perante as adversidades provocadas pela pandemia.

"Face à excecionalidade do momento que vivemos, muitos agentes desportivos da cidade confrontam-se hoje com graves dificuldades de tesouraria, pelo que era fundamental renovar uma vez este apoio e também estendê-lo por mais tempo, pelo menos, até final desta época desportiva”, explica a vereadora da Juventude e Desporto, Catarina Araújo.

Nesse sentido, o Município do Porto entendeu prolongar por mais cinco meses a medida que isenta de taxas todos os clubes e associações que utilizam os equipamentos desportivos municipais geridos pela empresa municipal Ágora. "É não só um apoio importante, como também um apelo muito forte para que os clubes e as associações locais não desistam e continuem a garantir o seu relevante papel no desenvolvimento da atividade física e do desporto”, sublinhou a responsável.

Tal como nas anteriores fases, esta medida extraordinária vai ser aplicada em 12 equipamentos da rede municipal de pavilhões e grandes campos, beneficiando diretamente 25 clubes e associações da cidade e um total de 11 modalidades desportivas, a saber: atletismo, badminton, basquetebol, futebol, futsal, karaté, kendo, kickboxing, rugby e voleibol.

A isenção agora aprovada terá, de acordo com a Ágora, um impacto financeiro acumulado de cerca de 225 mil euros.

Esta é apenas mais uma de um conjunto alargado de medidas extraordinárias que o Município do Porto tem vindo a apresentar com o objetivo de apoiar os clubes e associações da cidade neste período. São disso exemplo a criação e a renovação de uma de Linha de Apoio de Emergência às Associações do Porto, este ano num valor de 200 mil euros, ou a duplicação da dotação do Fundo Municipal de Apoio ao Associativismo Portuense, que passou a ser de 800 mil euros.
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi